Uncategorized

Livraria “Lello” e a Viagem ao Passado

Ali, naquele momento eu era protagonista de um filme onde a história se passava algures no passado e o cenário era um local mágico onde as cores e as formas se conjugavam para destacar ainda mais os maravilhosos livros que ali estavam guardados. - É verdade, não é?, balbuciava eu por diversas vezes sem lhe… Continue reading Livraria “Lello” e a Viagem ao Passado

Objetos

Estou a partilhar contigo…

- Anda, vem comigo… Chamava-me devagarinho. Seguia-o até ao escritório onde se sentava na sua poltrona desgastada pelo tempo e eu apressadamente procurava um lugar para me instalar. Ali havia odores fortes e exóticos que me atiçavam os sentidos. Nas paredes os mapas antigos prometiam-me passeios a lugares distantes e os velhos livros  provavam-me que… Continue reading Estou a partilhar contigo…

Objetos

A ascensão das Damas

Pequenas no seu passo incerto Percorriam devagar os caminhos Eram fracas e dispensáveis! Pouco a pouco foram crescendo Já tinham voz e aconselhavam Davam-lhe a mão para caminhar. Delicadas ganharam força Movimentavam-se graciosamente! Já se tinham libertado Até se sacrificavam se necessário Passaram a ser gente…   A peça em cima é um xadrez de… Continue reading A ascensão das Damas

Adereços

Fechar a porta

Eram várias de cores e formatos distintos, colocadas juntas abriam como um ramalhete de flores diferentes. Ele tinha-as em exibição, orgulhoso dos seus antepassados e já me tinha contado algumas histórias sobre elas. Naquele dia escolhi uma das que mais gostava e passeie-me brincando pelo longo corredor exibindo-me em passos exagerados. - O que fazes?… Continue reading Fechar a porta

Adereços

Recordações – Anastásia Romanov

Já brilharam os teus olhos e sorriste feliz... O que foi feito de ti? Guardaste os teus tesouros Escondeste os teus sonhos… Estás aí? Anda, abre as recordações Tráz cá fora quem és! Não te preocupes com os estragos Serás sempre quem foste… Afinal estás aí! Agora tens diamantes nos olhos e sorriso de rubi…… Continue reading Recordações – Anastásia Romanov

Objetos

Sweeney todd – o amor por detrás do ódio

Olho-me ao espelho e enquanto ensaio o meu sorriso a única coisa que vejo és tu… Não sei quando me vou voltar a cruzar contigo mas sei que quando acontecer quero simplesmente estar no meu melhor e principalmente quero estar á tua altura, ter todas as respostas e todas as perguntas, não quero perder de… Continue reading Sweeney todd – o amor por detrás do ódio

Documentos

Maçonaria – Primeira parte

  Abri a porta devagarinho, espreitei em silêncio… Havia algo sinistro naquele quarto, nunca percebi o que era mas a curiosidade de criança ganha sempre à pouca moral que ainda existe. Passei os bichos que me arrepiam até hoje, os quadros com pedacinhos de mundos a preto e branco e pé ante pé caminhei até… Continue reading Maçonaria – Primeira parte

Documentos

A Maldição …

Palavras que me rasgam não são plumas… Não me adornam! Cada sílaba, cada tom Uma dor, uma punição… Palavras que sussurram mágoas não são penas… Não as leva o vento! Essas são amarras, são correntes… Essas são maldição!     O programa apresentado em cima é da Ópera Rigoletto que foi realizada no Coliseu dos… Continue reading A Maldição …

Valor

Mulher pirata

Mais uma caixa aberta, lá dentro moedas, muitas moedas. Havia de vários tamanhos e pesos. Havia moedas onde eu conseguia distinguir o que estava impresso, mas havia outras que eram lisas de tanto uso ou até deformadas. - E esta? É de onde? Perguntava segurando uma das moedas na minha mão. - Deixa-me ver, esta… Continue reading Mulher pirata

Valor

Amar apenas amar

Amar por te ver, por te conhecer Amar por te escutar, por te respeitar Amar só porque sim Amar assim mas amar! Amar com dor, amar com ardor Amar sem querer amar mas amar apenas amar…     Os selos do rei D. Pedro V com cabelos anelados foram emitidos em 1856 e tiveram como… Continue reading Amar apenas amar